Ir para o conteúdo principal

Blog


9 maneiras de economizar ganhando pouco

9 maneiras de economizar ganhando pouco

Todo mundo sabe que economizar dinheiro não é uma tarefa fácil, principalmente para quem não tem um salário de muitos dígitos. Para quem vive no aperto, até mesmo pensar em guardar uma pequena parcela do salário se torna uma tarefa desafiadora que deve ser superada.

Mesmo que sua renda não seja grande, é possível economizar. No entanto, para conseguir cumprir essa tarefa, é preciso saber fazer escolhas e tomar algumas atitudes, como:

1 – Classifique suas despesas e rendas

Registre todas as suas movimentações financeiras e classifique-as por categorias. Por exemplo, inclua o cinema do sábado à noite na categoria Lazer e o gasto de R$200,00 no supermercado, na categoria Alimentação. É interessante que você faça o mesmo com suas fontes de renda. Registre todo o dinheiro que recebe e classifique-o como renda principal, recebimento de aluguel ou trabalhos freelance, por exemplo.

2 – Reveja seus hábitos

Após conhecer seus gastos e ganhos, o próximo passo é ver onde você pode diminuir ou cortar despesas. Muitas vezes, mudar alguns costumes diários já ajuda a reduzir os gastos do mês, como rachar o valor da gasolina, tentar diminuir o gasto com água e energia, talvez negociar outro pacote de internet ou TV por assinatura.

3 – Compre à vista

Se você tem um orçamento apertado, o melhor a fazer é comprar à vista. Com isso, você evita contrair dívidas e ainda tem a chance de ganhar um bom desconto. É melhor se viver com pouco dinheiro em um mês do que a conta do próximo vir gigantesca. Não gaste um dinheiro que você não possui, principalmente com coisas supérfluas (pois alguns gastos pesados, como os que envolvem problemas de saúde, são urgentes e não têm avisos).

4 – Utilize a regra dos 70-20-10

Esta regra é bastante simples de ser colocada em prática. Você vai dividir suas despesas em 3 categorias e reservar uma parte da sua renda para cada uma delas: 70% da sua renda para gastos essenciais, 20% para investir ou guardar e 10% para gastar com o que gosta. Não precisa seguir à risca, mas é uma boa base para trabalhar sobre.

5 – Desapegue do cartão de crédito

Sério, não tem como economizar usando o cartão de crédito com frequência. Tenha apenas um cartão de crédito e utilize apenas em situações em que ele é realmente necessário, como a compra de algo com o valor elevado, mas necessário – como um eletrodoméstico ou móvel que estragou de repente. Veja aqui algumas dicas sobre o uso do cartão.

6 – Economize no lazer

Lazer é importante, sim.  Mas, se o foco é em economizar, é preciso pensar em alternativas. Jogos de futebol e filmes podem ser divertidos em casa também. Programe-se com um grupo de amigos ou familiares e faça “rodízio” na casa de cada um para assistir e os convidados levam alguns comes e bebes. Assim você gasta muito menos e vive bons momentos do mesmo jeito. Deixe as saídas para ocasiões especiais, como aniversários ou datas comemorativas. Opte por passeios gratuitos e por cozinhar coisas diferentes no final de semana em vez de pedir comida por delivery.

7 – Reserve algum dinheiro

Há mais de um jeito de fazer isso. Você pode optar por guardar determinada quantia por mês em aplicações financeiras a longo prazo como o PoupeFácil (cujas aplicações mensais tem valor de apenas R$ 50,00) ou fazer investimentos com foco em rentabilidade, e para ajudar você pode consultar este Guia do Investidor Iniciante.

8 – Programe-se para quitar suas dívidas

Quem tem pouco dinheiro, às vezes acaba se enrolando com as contas. Se esse é o seu caso, faça um planejamento para realizar os pagamentos pendentes. Você pode classificar as dívidas por ordem de importância, por exemplo. Com isso, você mantém o foco e dá prioridade para as dívidas com juros maiores. Renegociar as dívidas maiores com o próprio credor ou utilizar uma forma de crédito com juros mais baixos também é uma boa alternativa. Além de quitar suas dívidas, ter um controle financeiro é essencial. De nada vai adiantar quitar dívidas se você continuar gastando sem planejamento.

9 - Renda extra

Dependendo do quanto de dinheiro você precisa juntar (seja para quitar dívidas ou adquirir um bem específico), cabe avaliar a possibilidade de tentar uma renda extra. São muitas as possibilidades: venda de doces ou comidas em potes, aplicativos de carona, serviços de aluguel de alguma dependência do lar, enfim.

Quer saber mais sobre educação financeira? Então pode acompanhar nossos conteúdos e também os vídeos do Projeto Educar, além de utilizar nosso serviço de consultoria financeira caso você não consiga praticar algumas dessas dicas porque está numa situação mais complicada.

Fontes:
Blog de Valor
Blog Toro Investimentos

Comentários