Ir para o conteúdo principal

Blog


A vida após os 60 anos pode ser mais agitada do que se imagina

A vida após os 60 anos pode ser mais agitada do que se imagina

Há algum tempo já se sabe que brasileiros, seguindo a tendência mundial, têm vivido por mais tempo e a tendência é que a expectativa de vida se estenda ainda mais. Isso traz as mais diversas implicações, seja na questão da aposentadoria e previdência, do mercado de trabalho, do perfil universitário e das relações na sociedade como um todo.

Os idosos de hoje já não correspondem a imagem que tínhamos com base nos idosos que conhecemos há algumas décadas. Hoje eles desbravam o mundo, voltam aos estudos e investem em novas relações.

Busca pela realização pessoal – também no amor

“Nunca é tarde para nada na vida. Essa coisa de idade é bobagem”, afirma a pedagoga Liça Bomfim, 78. Ela ficou casada por 34 anos. Passou outros 14 anos solteira e tranquila. Aos 70, decidiu que a vida seria melhor com alguém ao seu lado. Ela não é a única. Há muitos casais maduros que recomeçam suas vidas amorosas até mesmo após os 80.

“A vida muda nessa idade e a necessidade de ganhar mais dinheiro para criar os filhos fica para trás. Sem muita função, um novo amor devolve sentido à vida, dá um outro propósito para o dia a dia”, diz Yuri Busin, psicólogo, doutor em neurociência do comportamento pela Universidade Presbiteriana Mackenzie.

Sentimento de juventude renasce aos 60

A aposentada Terezinha Alves Andrade, 73, reencontrou o seu primeiro amor há 20 anos. E até hoje ela e Aguinaldo Loyo Bechelli, 83, vivem um casamento que jamais poderiam ter previsto. “Temos dez anos de diferença. Quando nos conhecemos, eu era adolescente, e ele, casado e com filhos. Jamais pensei em criar alguma confusão. Mas os anos se passaram e nos reencontramos”, diz ela.

Os dois foram vizinhos. Certo dia, uma amiga em comum chamou Terezinha para prestar homenagens à mulher de Aguinaldo, que tinha acabado de morrer. “Depois disso, a filha dele, que é minha amiga, empenhou-se em fazer com que a gente começasse a namorar. Foram dois anos até ficarmos juntos de vez”, conta Terezinha.

Garanta seu sossego para curtir a melhor idade

O Prevcoop é um Plano de benefício previdenciário seguro, em que a reserva é formada por contribuições mensais ou aportes eventuais feitos pelo participante, depositados em contas individuais, que são investidos no mercado financeiro e tem garantia de repasse de saldo aos participantes e seus beneficiários. São muitas as vantagens, entre elas a possibilidade de dedução de até 12% da renda bruta anual para fins de imposto de renda e também a contribuição mensal ser a partir de apenas R$ 50,00. Confira aqui mais informações e comece em 2019 a planejar seu futuro.

Fonte:
Folha de São Paulo

Comentários