Ir para o conteúdo principal

Blog


Calor? Aprenda a preparar fáceis picolés para seu cachorro neste verão

Calor? Aprenda a preparar fáceis picolés para seu cachorro neste verão

Ninguém recusa um sorvetinho no calor, não é mesmo? Os pets também podem se refrescar com picolés feitos especialmente para eles. É possível preparar a guloseima com carne, legumes, frutas e até com a própria ração. Mas ela deve ser oferecida com moderação.

A ideia é usar o sorvete como petisco, e não como substituto da alimentação. Serve para combater o calor e também para entreter o animal. Mas lembre-se: o veterinário deve ser consultado para orientar se algum dos ingredientes pode fazer mal ao animal, levando em conta idade e condições de saúde. Assim como nós, cada bichinho tem sua peculiaridade e isso deve sempre ser levado em consideração. Antes de começar, veja aqui uma lista de ingredientes nocivos aos pets.

Confira algumas receitas sugeridas pela rede de hospitais veterinários Pet Care:

- Sorvete de frango para cachorro

Coloque ½ kg de frango em dois litros de água em uma panela de pressão, adicione duas cenouras inteiras, um fio de azeite e uma pitada de sal. Cozinhe por 20 minutos.  Assim que esfriar, coe o caldo e coloque em forminhas de gelo. Pode ser oferecido como petisco nos dias de calor.

- Picolé de carne

Coloque ½ kg de carne de músculo bovina em dois litros de água em uma panela de pressão, adicione uma batata doce e uma cenoura inteira, um fio de azeite e uma pitada de sal. Cozinhe por 20 minutos.  Assim que esfriar, coe o caldo e coloque em forminhas de gelo ou use meio copinho descartável como medida.

- Picolé de fruta

Bata a fruta de preferência do seu pet com um pouco de água no liquidificador e congele. Se preferir, congele pedacinhos da fruta, sem bater. Importante: retire todas as sementes e caroços e não ofereça frutas proibidas para cães – como uva, uva passa, abacate, carambola.

- Ovo congelado

Segundo o hospital veterinário, ovo cozido é um petisco saudável, barato e fácil para cães e gatos. O preparo também é simples: cozinhe o ovo, congele e sirva! Para raças de pequeno porte, corte em quatro partes ou esmague e coloque nas forminhas de gelo. Ovo de codorna também é opção.

Já a rede Petz sugere sorvete com a própria ração:

- Coloque uma porção de ração seca ou úmida em forminhas de gelo, com um pouco de água, e leve ao freezer. Pode também bater no liquidificador com água.

A recomendação da rede é servir um cubinho por dia, como petisco ou durante a refeição.

Não deixe seu gatinho de fora dessa. Há também receita do Pet Care para os felinos se refrescarem:

- Coloque um petisco, ração úmida ou comida que ele goste em um pouco de água filtrada, despeje na forminha de gelo ou em copo descartável e leve para o congelador. Sirva como guloseima.

Cuidados com o calor

As cidades têm batido recordes de temperatura máxima e essa situação demanda cuidados específicos.

Sorvete não é tudo. Incentive o animal a beber água mais vezes por dia e evite deixá-lo em locais quentes, sem ventilação adequada ou exposto ao sol.

Se os dias quentes são um convite a atividades ao ar livre, os efeitos do calor podem colocar cães e gatos em perigo. No verão, aumentam os registros de hipertermia, quando a temperatura do corpo do pet sobe muito, com risco de elevar a pressão e causar parada cardíaca.

“Como não transpiram, os bichinhos trocam calor pela boca e têm maior dificuldade para manter a temperatura corporal”, afirma a veterinária Karina Mussolino, gerente técnica de clínicas da Petz e do Centro Veterinário Seres.

Por isso, hidratação é fundamental. Ofereça sempre água limpa e fresca – em casa ou durante os passeios.

Na rua, evite o asfalto quente para não queimar as patinhas do cachorro. Se ele ficar ofegante durante o passeio, procure uma sombra, ofereça mais água e borrife um pouco no corpo do animal. E, como atividades externas favorecem o contato entre pets, não esqueça de manter a carteira de vacinação em dia.

Fonte:
Bom Pra Cachorro – Folha de São Paulo

Comentários