Ir para o conteúdo principal

Blog


Carnaval de rua: o que esperar em Porto Alegre e dicas para curtir bloquinhos

Carnaval de rua: o que esperar em Porto Alegre e dicas para curtir bloquinhos

A prefeitura de Porto Alegre anunciou, no mês passado, as regras para a organização e realização do Carnaval de rua da cidade, que começou no último final de semana e irá até 24 de março, com horário limitado até as 21h.

Foi estipulado pela prefeitura ou o limite de 30 blocos para a área central da cidade, em três eixos: Cidade Baixa, Orla do Guaíba e Centro Histórico. Fora do eixo central, a prefeitura determinou o limite de oito blocos para o chamado circuito comunitário.

Na Cidade Baixa, principal ponto de realização do Carnaval de rua na cidade nos anos anteriores, o limite, em 2019, será de quatro blocos, em dois dias (2 e 5 de março), atendendo a determinação judicial. Na edição passada, foram 10 blocos no bairro.

Dicas de “bloqueiros” sobre o que carregar consigo no carnaval

- Quanto menos objetos carregar, melhor. Atenha-se ao essencial, mas, se possível, tenha consigo uma mochilinha para armazenar o lixo caso não haja local adequado para descarte na hora.

- Deixe os cartões de débito e crédito em casa e opte por levar apenas dinheiro. Utilizar as famosas pochetes ou doleiras para guardar o dinheiro é uma boa pedida.

- Bonés, perucas e lenços servem tanto como adereço quando para proteger a cabeça na hora do sol. Cuidado com fantasias abafadas ou apertadas, que podem causar transtornos em dias de muito calor.

- Protetor solar! Não se esqueça de passar antes de sair de casa – nem de reaplicar, caso fique exposto ao sol por muito tempo.

- Leve seu copinho plástico ou reutilizável: evita a sujeira nas ruas com descartáveis e não custa nada.

- Se você é fumante, vale levar uma “bituqueira” para não deixar sujeira nas ruas. Ainda que seja uma latinha improvisada para essa finalidade, o que conta é não espalhar resíduos por aí.

- Beba bastante água. Lembre-se: álcool não hidrata e ainda contribui para desidratação.

- Não esqueça: não é não! Nada de forçar atitudes com outras pessoas, mesmo que por brincadeira. O respeito não deve tirar férias.

Iniciativa privada

Não haverá investimento de recursos do poder público na edição deste ano na capital gaúcha, a estrutura dos eventos (banheiros, segurança, vendas de produtos etc) ficará a cargo da empresa vencedora da licitação feita pela prefeitura.

Fontes:
G1
Zero Hora

Comentários