Ir para o conteúdo principal

Blog


Cidades mais sustentáveis do mundo dão lições de equilíbrio

Cidades mais sustentáveis do mundo dão lições de equilíbrio

Desenvolvimento econômico com qualidade de vida para as pessoas e, sobretudo, mantendo preservação dos recursos naturais. A fórmula parece simples e óbvia. Mas as práticas que tornam uma cidade sustentável não são realidade na maior parte do mundo. A empresa de consultoria global Arcadis elabora todos os anos o ranking das localidades mais sustentáveis do mundo e o estudo mais recente aponta Zurique, Cingapura, Estocolmo, Viena e Londres como as principais.

Foram avaliados os aspectos sociais, ambientais e econômicos entre 100 municípios. De acordo com a pesquisa, elas têm as maiores pontuações em uma equação que leva em conta conseguir atender às necessidades cotidianas e de lazer das pessoas nos espaços urbanos, gerar e distribuir riquezas com eficiência, além de não agredir a natureza em todo esse processo. A chave de tudo é alcançar o equilíbrio e tornar a cidade um ambiente harmônico entre os fatores: finanças, pessoas e meio ambiente.  

Conheça alguns destaques destas cidades sustentáveis:

Zurique - É uma referência em reciclagem e aproveitamento do lixo. A coleta nas residências é toda organizada e se o morador não descartar o lixo corretamente ele nem é retirado.

Cingapura - É exemplo em gerenciamento da água. Depois de sofrer muito com a seca, todo o ciclo é processado: desde a coleta da chuva para a purificação e abastecimento até o tratamento da água utilizada.

Estocolmo - Destaca-se pelo rígido controle para diminuir a poluição. Uma das estratégias é o incentivo muito forte para uso de bicicletas, com ruas totalmente adaptadas. O transporte inclui metrô, ônibus, trem e até barcos.

Viena - Investiu muito em tecnologia para criar uma linha de ônibus elétrico, que não utiliza nenhum combustível derivado do petróleo. Também criou programas para aumentar o uso das bicicletas.

Londres - promoveu o aumento do uso de transporte público, principalmente os metrôs. Somado a isso, a implementação de uma barreira móvel contra enchentes valoriza a cidade

 
Fontes:
Arcadis
BBC
Planeta Sustentável

 


Comentários