Ir para o conteúdo principal

Blog


4 dicas da neurociência para aprender um idioma

4 dicas da neurociência para aprender um idioma

Aprender um idioma é sempre um desafio. Entender a gramática, gírias e sotaques de uma nova língua pode parecer impossível, principalmente depois de adulto. Porém, com motivação, foco e a metodologia correta, o aprendizado ocorre de forma mais fácil e natural. Saiba quais são as principais dicas na hora de aprender um idioma, segundo os neurocientistas:  

Pratique todos os dias

A melhor forma de reter as informações é treinando diariamente. Apesar das obrigações diárias, é importante estudar todos os dias. Caso não tenha tempo ou disposição para abrir um livro e ler por horas, utilize o celular ou dicionário para aprender, pelo menos, uma palavra ou frase nova.

Utilize a técnica da repetição 

A neurociência recomenda intervalos de estudo ideais para que um conhecimento ou ideia nova não sejam esquecidos. A técnica de repetição se baseia nisso: repetir um novo aprendizado até que ele fixe na mente e não caia no esquecimento.

A dica é, primeiramente, revisar o conteúdo uma vez por dia, depois uma vez por semana e, finalmente, uma vez por mês, até aprender. 

Abuse de filmes, séries e músicas estrangeiras 

Veja filmes e séries no idioma original com legendas em português. Assim que você dominar melhor a língua, ponha as legendas também no idioma original. Por fim, tente assistir o mesmo filme sem legendas. A dica é ótima, já que, repetindo o mesmo filme e sabendo qual a história, fica mais fácil de compreender o que está acontecendo. 

Para as músicas, escute e acompanhe a letra pela internet. Tente cantar e treinar seu ouvido. 

Use o idioma no seu dia a dia e em contextos diferentes

Quanto maior for a necessidade para entender um idioma ou se expressar nele, mais rápido será o aprendizado. Por isso, sempre que puder, utilize a língua nova no seu cotidiano. Você pode, por exemplo, configurar o celular, computador ou videogame em inglês. 

Fontes:

Exame

Revista Galileu


Comentários