Ir para o conteúdo principal

Blog


Doença celíaca: aprenda a diagnosticar os sintomas

Doença celíaca: aprenda a diagnosticar os sintomas

Para os intolerantes a glúten é bem complicado comer em restaurantes, cafés e bares. Toda a alimentação precisa ser balanceada, já que a doença celíaca ocorre devido à presença de anticorpos que atacam o glúten, presente na farinha de trigo.

Quando alguém com esta doença come algo com essa proteína, a mucosa intestinal é agredida, gerando inflamações, entre outros problemas gastrointestinais. Médicos e pesquisadores não sabem explicar o fenômeno que desencadeia essa enfermidade, mas acreditam se tratar de um processo genético. Cerca de 20% dos pacientes diagnosticados possuem parentes próximos que também foram afetados.

Existem três tipos de doença celíaca. Caso você reconheça os sintomas, procure um médico para adaptar sua dieta.

Clássica

É mais comum na infância, entre o primeiro e terceiro ano de vida. É caracterizada pela diarréia crônica, falta de apetite, barriga inchada, vômitos, dor abdominal, pernas e braços finos. Podem causar desnutrição aguda e causar mortes caso falte diagnóstico e tratamento.

Não Clássica

A doença celíaca não clássica apresenta poucos sintomas e os desconfortos gastrintestinais são discretos. Pode causar fadiga, pouco ganho de peso e estatura, manchas no esmalte dos dentes, esterilidade e osteoporose antes da menopausa.

Assintomática

É o tipo mais complicado de diagnóstico, apenas com pesquisa de anticorpos em familiares de primeiro grau. Caso o paciente não consiga fazer um bom tratamento, pode levar a complicações maiores.

Fontes:

Comentários