Ir para o conteúdo principal

Blog


Ficar na “zona de conforto” pode ser bom para você

Ficar na “zona de conforto” pode ser bom para você

No mundo competitivo de hoje, não cansam de aparecer dicas de carreiras sugerindo que devemos sair da nossa “zona de conforto”. Contudo, a psicologia sugere que a este pode ser na verdade “um cenário de perfeito equilíbrio entre corpo, mente e emoções, de relaxamento”, conforme explica a psicóloga Ana Maria Rossi, da International Stress Management Association Brazil (Isma-BR).

Na prática, isso significa que não é todo mundo que se beneficia de assumir riscos e lidar com adversidades. Dependendo das características individuais, os indivíduos podem preferir ficar nesse espaço de conforto em segurança. “As pessoas têm estímulos motivacionais diferentes baseados em seu perfil”, diz Amanda Gomes cofundadora do Elas, programa especializado em desenvolvimento de liderança feminina. 

Mas não é só a disposição pessoal que nos leva a não dar um “salto no escuro”, já que a psicologia sugere que estacionamento na zona de conforto também pode ser necessário e vantajoso para a carreira. Essa interpretação bate de frente com conselhos que vemos por aí, mas é possível aproveitar essa fase da melhor maneira.

Planeje-se

Enquanto está na segurança de um bom emprego e da estabilidade financeira, é possível colocar no papel até onde queremos chegar. Em vez de assumir riscos, é o momento de avaliar metas. “É um jeito de ressignificar a zona de conforto como uma posição de reorganização e redirecionamento da vida”, explica Amanda. 

Aceite a introspecção

Se você já está acostumado com o trabalho, mas não tem coragem de arriscar um novo desafio, aproveite o tempo para fazer o que lhe faz feliz. “Quando perceber que não existem ameaças e que pode prosseguir com calma, mantenha o bom desempenho no trabalho, mas também desfrute. Deixe que outras áreas da vida tomem protagonismo”, aconselha a coach de carreira, Ana Maduro.

Aproveite o tempo

Com planejamento e descobrindo o que nos faz feliz, agora é a hora de aproveitar o tempo livre. Aprenda a tirar o foco do trabalho e colocá-lo sobre outras áreas da vida. Um cronograma já conhecido dá a possibilidade de montar a agenda com mais autonomia e abrir espaço para a família e o lazer. 

Fonte:

Comentários