Ir para o conteúdo principal

Blog


Live Banricoop: especialista debate sobre novos comportamentos frente às mudanças

Live Banricoop: especialista debate sobre novos comportamentos frente às mudanças

A pandemia está dando a oportunidade de rever nossos valores e comportamentos em relação ao trabalho, família, amigos, relações sociais, consumo, lazer, poupança e investimento. Esse cenário nos força a conviver com a incerteza e a mudança. Infelizmente, muitos de nós não receberam uma educação formal ou informal para lidar com mudanças constantes, complexas e ambíguas. Afinal, a certeza e o status quo sempre oferecem um conforto. Porém, com mudanças e estratégias específicas, é possível mudar este cenário.  

Para tratar deste tema, a coach Virgínia Haag foi convidada pela Banricoop e debateu em live sobre adaptações em um mundo de transformações causadas principalmente pela pandemia:

A capacidade de se adaptar ao novo mundo 

Precisamos nos adaptar rapidamente e de forma exponencial em tempos de mudança. A Neurociência, a Economia Comportamental e Teoria Construtivista-Desenvolvimentista oferecem abordagens e ferramentas funcionais e efetivas para levar as pessoas a um novo patamar de comportamento frente à mudança, incorporando-a organicamente a sua vida, relações e organizações.

Ao combinar ferramentas de mudança de mentalidade, de emoções e de lógica de ação com “empurrões” (estratégias para tirar as pessoas de sua zona de conforto, levando-as em direção ao seu objetivo de melhoria) e abordagens vivenciais, você conseguirá mais facilmente lidar com a mudança, assumindo uma posição de protagonismo e não de vítima das situações e desafios.

Investimentos frente à mudança

As instituições financeiras podem e devem fazer uso destas ferramentas como forma de criar programas mais efetivos de mudança em relação a hábitos de poupança, investimento e previdência de seu público, aproveitando a maior sensibilidade das pessoas em tempos de pandemia. 

O mundo virtual e os avanços da ciência permitem, cada vez mais, que as pessoas façam a mudança de mentalidade que gostariam. Para isso, utilizam-se as estratégias de “empurrões”, combinadas com ferramentas de gestão e compartilhamento social. Os resultados tendem a ser exponenciais e permanentes, principalmente num ambiente propício a cooperação.

No final de julho, Virgínia Haag irá lançar uma jornada de desenvolvimento pessoal de 12 meses para atingir um novo patamar de desenvolvimento, combinando as abordagens comentadas acima. Além disso, ela irá ministrar um curso on-line nos dias 04 e 05 de agosto sobre o tema:

Facebook

Instagram 

Linkedin

Site


Comentários