Ir para o conteúdo principal

Blog


O que 2018 foi para você?

O que 2018 foi para você?

Final de ano é uma época em que inevitavelmente acontecem reflexões sobre o ano que passou e se manifestam os desejos e projeções sobre aquele que está por vir. Ainda que as circunstâncias do entorno possam não ser as mais favoráveis, é preciso sempre ter esperança e lembrar o quanto temos sorte por estamos aqui agora.

Quem nunca fez uma lista de metas em época de réveillon? Ainda que você não anote num papel ou escreva em um aplicativo, é preciso mentalizar os objetivos para o próximo ano. Não é uma tarefa inútil, já que toda mudança significativa demanda planejamento e surge de uma vontade.

É preciso refletir sobre os erros e acertos, as alegrias e as tristezas. Onde acertamos? Onde podemos melhorar? Deixamos questões pendentes com alguém ou estamos bem resolvidos? Com a correria do dia a dia, acabamos deixando essas questões de lado porque é preciso ser pragmático, já que algumas perguntas podem nos paralisar – mas não podemos adiar esse momento para sempre.

Fazer esse balanço e a partir daí traçar metas é um jeito de valorizar a vida. É difícil não se deixar levar pela rotina, terminar as coisas só porque começou, viver sem questionar decisões passadas porque mudar dá trabalho. A vida é frágil, não se sabe o dia de amanhã e é preciso explorar as possibilidades – e criar novas possibilidades, inclusive.

Para que a lista de metas funcione, alguns fatores são imprescindíveis. Os objetivos têm que ser claros e diretos, pois almejar coisas muito abstratas pode não nos levar a lugar algum. Decida o que você pretende fazer, mas, principalmente, como e por que você quer fazê-lo. É nesse limbo de colocar as coisas em prática e o real motivo por que as queremos é que nossas metas são esquecidas. Torna-se muito difícil alcançar qualquer coisa a longo prazo sem um planejamento definido e sem ter em mente os motivos pelos quais você quer ou precisa daquilo.

Esse exercício nem sempre é fácil – pode ser demorado e até dolorido. Mas não hesite, há dúvidas que vêm para o bem. Converse com pessoas de confiança, caso não consiga traçar seu plano sozinho. Os profissionais de saúde mental (psicólogos e psiquiatras) podem ser essenciais para entendermos nossos desejos e motivos.

A sua evolução reflete no seu entorno, que reflete no mundo – não se esqueça que toda revolução começa dentro de alguém. E nós estamos aqui para te ajudar a fazer um 2019 melhor para te levar ainda mais longe.



Desejamos a todos os nossos colaboradores e cooperados um excelente novo ano.

 


Comentários