Projeto:

Doutores(as) Palhaços(as)

Cooperado Responsável: Marcelo Dallalba

A atuação de Doutores Palhaços em hospitais, junto a crianças e adultos, não promete a cura desses pacientes, mas procura facilitar seu processo de recuperação. Convida-se os pacientes a transformarem aquele momento, muitas vezes difícil e regrado, em uma situação mais humana e descontraída. Esse projeto trata da atuação de três Doutores(as) Palhaços(as) em hospitais de duas cidades da região metropolitana de Porto Alegre.

As atuações contemplam três momentos culminantes e de igual importância, porém de impactos diferentes:

a) apresentação de uma esquete teatral relacionada à atividade médica e ao ambiente hospitalar, sempre com foco nas situações humanas/cômicas e geralmente reais;

b) atuação nos quartos dos hospitais e salas de espera/enfermarias, buscando atingir o maior número possível de pessoas, sendo destacado um turno inteiro para essa atividade (uma tarde ou manhã);

c) após a esquete teatral, uma Roda de Bate-Papo, onde os(as) doutores(as) ficarão à disposição para perguntas e incentivarão toda e qualquer possibilidade de voluntariado.

Esses três momentos ocorrerão 2 vezes em cada um dos hospitais eleitos que aceitarem a oferta. As atuações irão acontecer uma vez por mês em cada instituição, no período de dois meses. Além dos hospitais, também ocorrerá uma atuação extra na creche da Vila Jardim Marabá-Porto Alegre, "Cantinho Da Vó Georgina". Pretende-se beneficiar 1920 pessoas.

Esse trabalho ganha relevância por levar uma experiência concreta de voluntariado, que busca a humanização e transformação do espaço hospitalar. Atualmente, essa atividade está ao alcance de poucos pacientes e principalmente nos grandes centros. O projeto tem a intenção de levar essa experiência a lugares menores, e incentivar treinamentos locais para despertar ações voluntárias como esta.

A atuação será tanto nas alas do SUS com nas de plano de saúde, não sendo esse um quesito relevante, pois entende-se que em um hospital, a carência por transformação do ambiente é linear e semelhante entre os pacientes.

Apoie este Projeto

Gostou do projeto? Ajude a torná-lo realidade!

Agora você pode doar diretamente para o projeto através do contato:

Marcelo Dallalba
marcelodallalba@yahoo.com.br

Seja um voluntário

Contribua da forma que puder! Toda ajuda é bem-vinda.

Veja mais projetos

Alegrete que te Quero Verde
alegrete (RS)

Alegrete que te Quero Verde

Alimentando com Saúde na Telha
RIO GRANDE (RS)

Alimentando com Saúde na Telha

Abelink
Porto Alegre (RS)

Abelink

Cascata do Rio Santo Cristo
SANTA ROSA (RS)

Cascata do Rio Santo Cristo

Horta Sustentável Dona Tecla
Porto Alegre (RS)

Horta Sustentável Dona Tecla

Mandalas Recreativas
Ibirubá (RS)

Mandalas Recreativas